Purlax

A mistura de ervas usadas na composição do Purlax garante um efeito laxante e benéfica no tratamento de problemas do intestino.

Apresentação: Blisters com 60 comprimidos

Ingredientes: Psílio 100 mg, Aloés 20 mg, Cascara Sagrada 50 mg, Alteia 100 mg e Linhaça 50 mg.

Indicações: Laxante suave.

Conselhos de utilização: Tomar 2-4 comprimidos ao deitar com 1 copo de água. Em casos extremos tomar 2 comprimidos ao almoço.

Características do produto: A mistura de ervas usadas na composição do Purlax garante um efeito laxante e benéfica no tratamento de problemas do intestino:

Alteia – A planta é ligeiramente laxante e benéfica para tratar muitos problemas de intestinos, incluindo ileíte regional, colite, diverticulose e sindroma do colón irritável:

O Psilio – contém níveis elevados de fibra (mucilagem) que se expandem tornando-se altamente gelatinosas quando mergulhadas em água O Psilio não só facilita a propulsão do cólon, como permite que as fezes se tornem mais húmidas o que lhe confere propriedades laxantes.

A Cáscara Sagrada tem efeitos laxantes, o que acelera a velocidade com a qual os alimentos são eliminados, porém também diminui a absorção dos nutrientes. A Cáscara Sagrada aumenta os movimentos intestinais e a passagem de líquido para o tubo intestinal, o que facilita a evacuação. Desta forma, tem indicação para casos de obtipação intestinal.

A Linhaça – tradicionalmente usada nas irritações do aparelho digestivo. As sementes que absorvem fluidos, incham, formando assim uma massa gelatinosa que actua como laxante por aumento de volume.

O Aloes – planta que possui um efeito protector, sendo tradicionalmente utilizada no tratamento de úlceras pépticas e síndroma do cólon irritável. Contém antroquinonas fortemente laxantes que provocam contracções do cólon, estimulando em doses baixas a digestão.